Comandos Hidráulicos

Válvulas Hidráulicas de controle altimétrico

CONTROLE DE NÍVEL ALTIMÉTRICA (AL)

Válvula de controle altimétrico, permite o controle do nível de água num reservatório.
A válvula é comandada por um piloto altimétrico de elevada sensibilidade que permite a regulação diferencial entre o nível máximo e o nível mínimo. O piloto fecha (abre) a válvula quando a água atinge o nível máximo do reservatório, e abre (fecha) quando o nível atinge o valor mínimo regulado.

 

Válvulas Hidráulicas de comando elétrico

COMANDO ELÉTRICO (EL)

A abertura e fecho da válvula são controlados por um solenóide que transforma o sinal elétrico num comando hidráulico.
A válvula padrão é normalmente fechada mas existem outras opções sob consulta. O comando elétrico pode ser conjugado com outras funções.
O controlo da válvula é realizado por Solenóide normalmente fechado (N.C.) de 3 vias, ou por Solenóide normalmente aberto (N.O.) como opcional.

 

Válvulas Hidráulicas reguladoras de pressão

REGULADORA DE PRESSÃO (PR)

Regulação da pressão de saída de acordo com valor pré-definido.
A válvula mantém constante a pressão regulada a jusante (saída) independentemente das flutuações de pressão a montante (entrada) e das variações de caudal.

 

Válvula Hidráulica reguladora de caudal

REGULADORA DE CAUDAL (FR)

Limitação do caudal de fluxo de saída da válvula de acordo com valor pré-definido.
A válvula limita o caudal da rede a um valor pré–regulado independentemente das variações de pressão a montante. A válvula abre totalmente quando o caudal está abaixo dos valores regulados.
A válvula é controlada por um piloto diferencial sensível ao diferencial de pressão originado no orifício calibrado de perda de carga.

 

Válvula Hidráulicas sustentadora de pressão

SUSTENTADORA DE PRESSÃO (PS)

Mantém constante a pressão mínima na secção a montante da válvula, independentemente das variações de caudal e mantém a posição de fechada enquanto a pressão na secção de montante for inferior à pressão regulada.
A válvula abre completamente quando a pressão a montante ultrapassa o valor regulado.
O grau de abertura da válvula é ajustado automaticamente em função do caudal presente na rede a montante.

 

Válvula Hidráulica de alívio rápido de pressão

ALIVIO RÁPIDO DE PRESSÃO (QR)

Proteção da rede hidráulica do excesso de pressão abrindo de acordo com valor pré-definido.
A válvula abre instantaneamente quando a pressão na rede (a montante) ultrapassa a pressão de segurança, aliviando a pressão em excesso da rede. Quando a pressão volta a estabilizar, para valores abaixo da pressão de segurança, a válvula volta a fechar lentamente a uma velocidade ajustável.
O diferencial de pressão entre as posições de abertura e fecho da válvula não excede em 10% o valor da pressão regulado.

 

Válvula Hidráulica de controlo de nível diferencial

CONTROLE DE NÍVEL DIFERENCIAL (FL/DI2)

Manutenção do nível de água num reservatório com ajuste de um diferencial de nível.
A válvula é controlada por um piloto flutuador localizado no reservatório. O piloto flutuador 70-610 comanda a válvula fechando-a quando o nível de água no reservatório atinge o máximo e abrindo-a quando o nível atinge o mínimo. A diferença entre o nível mínimo e o máximo é ajustável até 40 cm.

 

Válvula Hidráulica de controle de nível diferencial FL/DI1

CONTROLE DE NÍVEL DIFERENCIAL (FL/DI1)

Manutenção do nível de água num reservatório com ajuste de um diferencial de nível.
A válvula é controlada por um piloto flutuador localizado no reservatório. O piloto flutuador 70-550 comanda a válvula fechando-a quando o nível de água no reservatório atinge o máximo e abrindo-a quando o nível atinge o mínimo. A diferença entre o nível mínimo e o máximo é de 5 a 160 cm.

 

Válvula Hidráulica de controle de nível

CONTROLE DE NIVEL (FL)

Manutenção de nível de água de reservatório.
A válvula fecha por indicação de flutuador de 2 vias quando a água no reservatório atinge o nível máximo. Como opção pode ser incluído um dispositivo de fecho lento. Não existe ajuste do nível mínimo.
A válvula deverá ser instalada ou abaixo do nível da água, ou no topo do tanque.

 

Válvula Hidráulica reguladora de pressão e comando elétrico

REGULADORA DE PRESSÃO COM COMANDO ELÉTRICO (PR+EL)

A válvula conjuga a função de regulação de pressão com a função de comando automático ou remoto de fecho e abertura através de electroválvula de solenóide.
A válvula fecha quando ocorre um excesso de pressão e só volta a abrir mediante sinal elétrico.
O controlo da válvula é realizada por: 

  • Solenóide N.C. de 3 vias;
  • Filtro interno autolimpante e removível.

 

Válvula Hidráulica reguladora e sustentadora de pressão

REGULADORA E SUSTENTADORA DE PRESSÃO (PR+PS)

Regula a pressão mínima a montante da válvula e limita a pressão reduzindo a jusante da válvula independente das variações de caudal.
A válvula mantém a posição de fechada enquanto a pressão na secção de montante for inferior á pressão regulada. A válvula abre completamente quando a pressão a montante ultrapassa o valor regulado.
A pilotagem da válvula é realizada por 2 pilotos hidromecânicos de 2 vias.

 

Válvula Hidráulica redutora de pressão proporcional

REDUTORA DE PRESSÃO PROPORCIONAL - PR(D)

Válvula de redução de pressão proporcional.
A válvula tem uma proporção fixa de redução entre a pressão a montante e a pressão a jusante, independentemente das variações de caudal e pressão à entrada. Não necessita de sistema de pilotagem.
A válvula é de dupla câmara (D), estando a câmara de controle permanentemente ligada à conduta a jusante. A pressão a jusante é aplicada no diafragma e cria uma força hidráulica que é regulada pela pressão de montante na membrana. Quando a pressão a jusante da válvula excede a proporção pré-definida (por exemplo, devido a interrupção de caudal na conduta) a válvula fecha instantaneamente, servindo de válvula de retenção.
As velocidades de abertura e fecho da válvula podem ser reguladas.

 

Válvula Hidráulica de segurança por excesso de caudal

SEGURANÇA POR EXCESSO DE CAUDAL (SOBREVELOCIDADE) (FE)

Tem uma função de segurança fechando automaticamente sempre que o caudal ultrapasse em 10% o valor regulado.
É essencial aquando da rutura de uma conduta a jusante da válvula. O rearme da válvula, após uma ocorrência de excesso de caudal, deve realizar-se manualmente.
A válvula é controlada por um piloto diferencial sensível às variações de pressão geradas pelo caudal na válvula.

 

Válvula Hidráulica sustentadora de pressão diferencial

SUSTENTADORA DE PRESSÃO DIFERENCIAL (DI)

Regulação diferencial constante de pressão.
A válvula mantém uma diferença de pressão (valor ajustável) constante entre a secção a montante e a jusante da válvula. A válvula modula o grau de abertura de forma a manter um diferencial de pressão constante independentemente de flutuações no caudal.

 

Válvula Hidráulica antecipadora de onda

ANTECIPADORA DE ONDA (RE)

Protege a rede hidráulica do fenómeno designado por golpe de aríete, evitando o choque hidráulico.
A válvula abre antecipadamente relativamente à onda de sobrepressão. O piloto de baixa pressão inicia a abertura da válvula no momento da depressão que ocorre na secção a jusante da bomba devido à paragem súbita da bomba. Na fase seguinte, quando ocorre a onda de sobrepressão, a válvula está totalmente aberta.
É aconselhável a instalação de válvula de seccionamento antes da válvula hidráulica.

 

Válvula Hidráulica de comando de bombagem

COMANDO DE BOMBAGEM (BC)

Proteção da rede hidráulica prevenindo choques de pressão causados pelo arranque e paragem das estações de bombagem.
A válvula abre lentamente após o início da bombagem, aumentando gradualmente a pressão na rede até à posição totalmente aberta. Quando a bomba recebe o sinal de paragem (geralmente por sinal em quadro elétrico) a válvula fecha lentamente, reduzindo gradualmente a pressão na rede. Quando a válvula está quase totalmente fechada o sensor de posição na válvula para o motor da bomba.
Em caso de falha de energia a válvula fecha imediatamente, evitando a drenagem total da conduta.

 

Válvula Hidráulica de retenção hidráulica

RETENÇÃO HIDRÁULICA (CV)

A válvula previne o retorno do fluxo quando a pressão a jusante excede a pressão a montante.
A válvula padrão é normalmente fechada mas existem outras opções sobre consulta. 
As velocidades de abertura e fecho da válvula podem ser reguladas.

 

 

CONTROLE ELETRÓNICO (EC)

Válvula multifunções comandada por autómato (PLC) ou programador que controla a abertura e fecho mediante informação de sensores ou sondas.
Composta por dois solenóides que controlam a pressurização ou despressurização da câmara da válvula, modulando o grau de abertura da mesma. A válvula pode realizar múltiplas funções através do comando de um autómato programável. A Dorot dispõe de autómato próprio Condor com 150 funções pré-programadas em memória. Através de sensores que monitorizam variáveis hidráulicas ou outros, o autómato realiza o controle da válvula.

Apresenta as seguintes funções:

  • Regulação de pressão;
  • Regulação de nível;
  • Regulação de caudal;
  • Fecho ou abertura remota;
  • Outros.

 

Controlador condor

CONTROLADOR CONDOR

Programador eletrónico para controlo de Válvulas Hidráulicas de Controle Automático.
Permite um elevado número de funções de controle tais como: operações conjugadas de regulação de caudal, controle de nível, entre outros. Admite o controle de variáveis hidráulicas e outras não hidráulicas como por exemplo temperatura, condutividade e dureza. Permite a programação por tempo dos valores regulados. O controle das válvulas é realizado através da ativação dos solenóides electromagnéticos instalados na válvula básica (configuração EC).
O controlador eletrónico ConDor foi desenvolvido para facilitar a operação das Válvulas de Controlo Automático Dorot da série 300, 500 e da série GAL.

 

 

 

 

Saiba mais