Osmose Inversa

osmose inversa

A osmose inversa  é um processo de separação onde o solvente é obrigado a passar de uma solução mais concentrada para uma menos concentrada, através de uma membrana semi-permeável, através da pressão exercida por uma força externa. Esta passagem de solvente da solução mais concentrada para a menos concentrada, contraria o fluxo natural da Osmose, razão pela qual este processo se denomina Osmose Inversa.

Neste processo, as membranas retêm partículas de baixa massa molecular, como sais ou moléculas orgânicas simples. Por este motivo, a osmose inversa é aplicada a processos como a dessalinização da água do mar ou a recuperação de águas residuais na indústria.

É necessário haver um pré-tratamento adequado assim como uma correta exploração e manutenção.

A água deve ser condicionada previamente antes de chegar às membranas, para reduzir e eliminar os elementos que podem diminuir o rendimento das membranas e deteriorá-las. Conhecer todos os elementos que a água contém, tanto em solução como em suspensão, através de uma análise completa, permitirá estabelecer o pré-tratamento adequado.

 

Saiba mais